Como se livrar da procrastinação – melhores métodos

Este é, certamente um dos piores hábitos que temos como seres humanos. Sei que normalmente procuramos não colocar a culpa de nossas atitudes sobre nossos próprios ombros, contudo, não tente fugir dessa responsabilidade que você possua esse hábito. Mas afinal,o que é e como se livrar da procrastinação?

Procrastinação é a atitude de adiar algo que precisa ser feito. É o “deixar para amanhã o que se pode fazer hoje”. Você certamente já passou por algumas ocasiões nas quais deveria realizar certa atividade e “deixou para depois” mesmo podendo realiza-la naquele momento, correto? Pois bem, isso é procrastinação.

E lhe digo mais! Tal hábito é um dos principais diferenciadores entre pessoas de sucesso e pessoas comuns ou fracassadas. Os vencedores tem o hábito de fazer o que tem que ser feito, não importa o que seja, já os seres comuns normalmente deixam para realizar as tarefas só quando não podem mais passá-las adiante.

Procrastinação é um hábito e, como todo hábito, pode ser mudado. Só depende de você. Tenho certeza que você sabe que o costume de deixar as coisas para depois só lhe trás prejuízos, seja na faculdade, no trabalho ou na vida doméstica. Então, vamos ver como se livrar da procrastinação?

Como se livrar da procrastinação

Como se livrar da procrastinação

1º Firme compromissos e tenha metas.

Certamente você já passou por situações nas quais realizou um trabalho ou uma tarefa que normalmente levaria cinco horas em um terço do tempo? Acertei? Por que você fez isso? Aposto que por não ter outra saída, correto?
Então, sempre quando não temos outra escolha a não ser realizar uma tarefa, devido à obrigatoriedade e prazo, fazemo-la com extrema rapidez e no prazo previsto. Isso prova que tínhamos a capacidade desde o início, só não o fizemos pelo costume de deixar para depois.

E se criássemos esse senso de urgência para tudo?

Correto, teríamos esse mesmo alto desempenho em todas as ocasiões. Bom, não?

Evidente que isso não é fácil. Assim como procrastinar é um hábito, fazer as atividades com senso de urgência, mesmo quando elas não são urgentes, também é um hábito, portanto, você pode adquiri-lo.

Uma técnica para adquirir tal hábito, é fazer compromissos de cumprimento de metas consigo mesmo e com os outros, do tipo: vou deixar o trabalho de Contabilidade pronto até dia 05, 14:00 horas. Seja bem específico com a meta e os prazos. Informar a outras pessoas o compromisso, normalmente tem melhores efeitos do que o compromisso “solitário”, principalmente no início do processo. Caso esteja fazendo um trabalho em grupo, por exemplo, informe aos membros que entregará sua parte do trabalho até um dia e hora específicos. Ninguém gosta de descumprir compromissos firmados ou, pelo menos, não deveria gostar.

2º Planeje e tenha pequenos objetivos.

Não saber para onde ir é certamente uma das coisas mais “paralisantes” quando temos uma atividade a ser feita, não é? Você já deve ter passado por situações nas quais não fazia nada por simplesmente não saber o que fazer.
Quando você tiver metas a cumprir, o primeiro passo é definir como vai fazer para chegar lá. Se você tem um trabalho para entregar, por exemplo, deve: pesquisar sobre o assunto, separar material, ler o material, desenvolver o trabalho, corrigir e entregar o trabalho. Dentro desses conceitos você pode inserir outros. O importante é que você tenha pequenos objetivos que, se cumpridos corretamente, levarão você ao cumprimento da meta maior.

Nós normalmente sentimos uma sensação muito positiva quando definirmos algo a ser feito e realmente fazemos. Essa sensação de “dever cumprido” nos estimula a continuar no caminho e a falta dessa sensação pode nos desestimular. Estabelecer uma meta distante sem objetivos menores fará com que, no processo de alcance da meta, não tenhamos qualquer tipo de satisfação anterior e, pela falta de tal sentimento, podemos nos desmotivar.

Então, defina grandes metas e objetivos menores que lhe levarão a ela. Lembrando que é importante que esses objetivos sejam possíveis de serem realizados, de forma que, ao concluí-los, você parte no caminho da realização do próximo.

3º Nascer de novo todo dia e não largar tudo.

Muitas pessoas afirmam: sou assim e não vou mudar. Desculpe-me, raciocínio idiota. Como seres humanos, somos mutáveis e, citando a Chiquinha do Seriado Chaves: “é próprio dos sábios mudarem de opinião”. Portanto, não importa como você se comportou até hoje, só depende de você passar a agir de maneira diferente. A qualquer momento que você realmente se propor a agir de outra forma, você poderá agir de outra forma, nada lhe impede, não importa o que aconteceu antes: “Nasça de novo”!
Em outras ocasiões, até tentamos definir metas e cumpri-las, contudo, às vezes fracassamos em algumas delas e, simplesmente, largamos tudo. Se autoflagelar pelos fracassos ocorridos é, deveras, danoso. Posso garantir para você, que por mais dedicado que você seja, certamente vai fracassar em uma ou outra atividade. Como será seu comportamento após os fracassos ocorridos vai definir se você é um vencedor ou perdedor.

Planejou uma meta a ser cumprida, realizou tudo da maneira correta e mesmo assim não alcançou o resultado? Verifique a razão do fracasso, modifique o que houve de errado e faça melhor da próxima, quantas vezes forem necessárias, nasça de novo sempre, não importa o que tenha acontecido antes.

4º Faça o pior primeiro e comece já!

Em vários momentos de nossas vidas estamos em uma situação nas quais temos várias coisas de igual importância e que deve ser feitas naquele momento. Comece por aquela que você menos quer fazer.
Uma das frases mais reconfortantes quando estamos passando por momentos difíceis é: “O pior já passou!”, correto? Então, nosso cérebro trabalha melhor quando temos a sensação de que o mais difícil já foi e que de agora para frente as tarefas serão menos complicadas. Por essa razão: Faça o pior primeiro. Depois disso, você certamente terá ganho de motivação para cumprir as demais.

Outro ponto importante, é não esperar situações perfeitas. Uma das frases que mais gosto é: “Se você esperar a condição perfeita para fazer algo, nunca vai fazer nada!”. Então, caso já tenha definido as metas e objetivos e como vai realizá-los, comece agora, não importa a condição. Se ainda não o fez, comece agora planejando-os, mas efetivamente faça alguma coisa, não fique só no pensamento.

5º Elimine o superficial.

Se passarmos a definir metas , planos e objetivos para absolutamente tudo o que fazemos no cotidiano, em pouco tempo estaremos afogados em compromissos a serem cumpridos e, provavelmente, perderemos motivação.

Determine maior energia ao que realmente é mais importante para você e “deixe pra lá” o que não lhe acrescentará muita coisa.

Por fim, em complementação, encontrei este vídeo do Gerenciar o Tempo Agora no qual pode realizado um “Teste de Procrastinação”, confira:



Esperamos que, com esse artigo, você tenha aprendido um pouco mais sobre como se livrar da procrastinação.

Leia também:

Administração de Materiais

Administração de Materiais – Resumo

A administração de materiais é, certamente, um dos principais subsistemas de uma organização. Fortemente ligada ...

One comment

  1. Atingi 14 pontos. Crônico. Vou mudar isso. Realmente me sinto estagnado. Vou mudar AGORA!
    Muito boa matéria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Wordpress SEO Plugin by SEOPressor